Homeopatia

las-enfermedades-mas-tratadas-con-homeop

Cada vez mais procurada para resgatar o bem-estar físico e mental das pessoas, o medicamento homeopático tem como proposta contribuir para o estabelecimento do equilíbrio da energia vital – presente de forma saudável nos organismos dos reinos animal, vegetal e mineral.

Estudos sobre a homeopatia demonstram que, a doença surge quando há uma alteração dessa energia vital. A proposta é retomar a harmonia do estado saudável com doses ponderáveis do princípio que está causando os sintomas da doença.

Trata-se, na verdade, de uma terapia modificadora das respostas imunológicas, da mesma forma que a imunoterapia ativada. Esta faz com que o sistema imunológico do paciente pense que está presente uma segunda infecção, através da introdução subcutânea do princípio de algumas enfermidades. O organismo, então, passa a combater o mal, reduzindo ou até eliminando sintomas de doenças como alergias, rinites, asma, urticária, sinusite, entre outras.

Ideologias da homeopatia​

Ideologias da homeopatia

 

  • Unicismo: Prescrição de um único medicamento, igualmente a Hahnemann.

  • Pluralismo: É chamado também de alternismo, dois medicamentos administrados em horas distintas, um complementando o outro.

  • Complexismo: São prescritos dois ou mais medicamentos que podem ser administrados simultâneamente. A indústria produz em larga escala medicamentos ditos complexos, que tem objetivos de tratar doenças particulares, não considerando a lei dos semelhantes.

  • Organicismo: O medicamento é prescrito conforme o órgão doente. Esta prática aproxima-se muito da alopatia.

Respeito ao tratamento homeopático

O tratamento homeopático consiste em fornecer a um paciente sintomático doses extremamente pequenas dos agentes que produzem os mesmos sintomas em pessoas saudáveis, quando expostas a quantidades maiores. Deste modo, o sistema de cura natural da pessoa é estimulado e estabelece uma reação de restauração da saúde por suas próprias forças, de dentro para fora. O medicamento homeopático é preparado em um processo que consiste em diluição sucessiva da substância, sucussão e "dinamização" (ou "potencialização"), em uma série de passos

Fatores que interferem no sucesso de um tratamento homeopático:

O médico: a escolha coerente do medicamento.
O medicamento: a elaboração de acordo com as diretrizes regulamentadas pelos órgãos oficiais.
A orientação de uso: a correta forma de armazenagem e a utilização vão garantir a eficácia do tratamento.

whatsapp.png